O ciclo do Natal

advento-o-que-e

Por José Cláudio da Silva*

O ano litúrgico é composto de dois grandes ciclos: O ciclo do Natal e o ciclo Pascal. O ano litúrgico termina com a festa do Cristo Rei do Universo.

Neste artigo estarei refletindo sobre o ciclo do Natal. Logo após a festa do Cristo Rei, no próximo domingo a Igreja celebra o primeiro domingo do Advento. Em cada ciclo temos um momento de preparação, um momento de celebração e um momento de prolongamento. Advento é composto de um período de quatro semanas que termina um domingo antes do Natal. As quatro velas que acende uma em cada semana, indicam as quatro semanas do Advento, os quatro pontos cardeais, a cruz de Cristo. O ato de acender gradativamente as velas: verde, roxa, rosa e branca, significa a progressiva aproximação do nascimento de Jesus, a progressiva vitória da luz sobre as trevas. A coroa tem a forma de círculo, símbolo da unidade, do tempo que não tem início e nem fim. Cristo é o Senhor do tempo e da história. Esse é o tempo de preparação. Depois vem o momento de celebração que é o Natal. O momento de prolongamento vai até a festa do batismo do Senhor.

“Cuidado! Ficai atentos, pois não sabeis quando chegará o momento. É como um homem que, ao viajar, deixou sua casa e confiou a responsabilidade a seus servos, a cada um uma tarefa, mandando que o porteiro ficasse vigiando. Vigiai, portanto, pois não sabeis quando o senhor da casa volta : A tarde , a meia noite, de madrugada ou ao amanhecer. Não aconteça que, vindo de repente, vos encontre dormindo. O que vos digo, digo a todos: vigiai!” (Mc 13,33-37).

Natal é forte presença de Deus. Quando celebramos o Natal do Senhor, como manda a Santa Igreja, a nossa vida passa a ter mais sentido. Não faz sentido passar essa festa sem pensar, sem voltar nossa atenção para o anfitrião que é o verdadeiro dono da festa, Jesus Cristo.

Jesus vem ao nosso encontro. E esse encontro muda nossa vida completamente. Ah, se todos experimentassem um pouquinho do amor de Jesus! O mundo seria diferente. As armas deixariam de existir, os muros não precisava ser construído, o homem não teria medo do outro homem, as drogas não seriam comercializadas, ninguém precisa consumir drogas…

A Palavra de Deus nos diz para vigiar. Vigiar é fazer um exame de consciência. É fazer a vontade de Deus. É nas nossas atitudes diárias que mostra se estamos em conversão ou não.

Vamos celebrar bem o Natal. Natal sem ir a Missa não tem sentido. Vamos colaborar para que o Natal de Jesus seja mais cristão.

*José Cláudio da Silva

Membro do núcleo do Grupo de Oração Nossa Senhora das Graças

Membro do núcleo estadual do Ministério de Formação da RCC Minas

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest